Bênçãos Sobre Bênçãos

Meditação do dia: 07/02/2020

 As bênçãos de teu pai excederão as bênçãos de meus pais até ao cimo dos montes eternos; estejam elas sobre a cabeça de José e sobre o alto da cabeça do que foi distinguido entre seus irmãos. (Gn 49.26)

Bênçãos Sobre Bênçãos – O reconhecimento de Israel para distinguir José entre os demais filhos, é uma forma de justiça ou recompensa pelos danos causados a ele, em situações passadas. Ao herdar o posto de bênçãos de primogenitura, se confirma profeticamente pela menção que o pai fez de que ele seria duplamente abençoado, acima de todos. Abraão e Isaque abençoaram a Jacó no devido tempo e ele passaria isso adiante, abençoando os seus filhos, e nesse evento familiar ele profetizou que suas bênçãos sobre José excederia as bênçãos recebidas de seus pais. Gosto de pensar que o primeiro da Aliança, Abraão, recebeu o favor divino e desenvolveu um relacionamento espiritual de grande proximidade com o Todo Poderoso e recebeu todas as promessas e as viu sendo cumpridas. Assim, Abraão transferiu o que recebera para seu filho Isaque, sendo ele a continuidade das promessas e das alianças. Ele teve sua experiência de andar com Deus e estreitou seu relacionamento devocional. Assim, além de sua própria medida de bênçãos pela comunhão com Deus, ainda tinha a bênção da herança espiritual deixada pelo pai. Quando emancipou Jacó, liberando-o para partir de casa rumo ao Oriente, para começar sua vida, Jacó estava cercado do favor divino, como sendo o terceiro homem, a terceira geração de pacto com Deus e andando nos limites das bênçãos. Todo esse patrimônio ou legado espiritual pertencia aos doze filhos, que se tornaria uma tribo e uma nação, que se tornaria reino e com direito de existência eterna, como povo de Deus. José, entendia o seu papel naquele cenário, onde não haveria espaço para individualidade, mas a certeza de que a soma de todos eles, era bem maior e mais forte do que de um a um. Unidade forte e comprometida com um propósito e não apenas com sobrevivência e ostentação de quem era melhor entre os doze. Olhando na individualidade, havia um cenário de perseguição, preconceito e rejeição de uns para com os outros e dava a entender que havia brechas sérias na estrutura do que precisaria ser muito unido e focado em se tornar um povo forte. Mas olhando de cima, visão do alto, Deus estava agindo e trabalhando para criar as condições necessárias para que eles compreendessem o papel de cada um e como poderiam prevalecer sobre si mesmos. José foi separado de todos, mas ele veio a compreender que ali estava a mão de Deus, cuidando não só dele, mas de todos eles. Era tempo dele aprender a ser uma bênção na vida de pessoas que nem conhecia, e até o desprezavam, mas ali estava sendo formado um líder, um guia confiável, para que no tempo certo, a família inteira fosse acolhida em condições de seguir seu curso. Por que passamos por certas situações, que parecem injustas, impróprias e ilógicas? Nem todo sofrimento ou provação tem fundamento no pecado ou erro. Deus muda as peças no tabuleiro conforme sua determinação e graça. Crises são também oportunidades. Muito sossego e paz, induz ao comodismo e isso não contribui muito. Os marujos afirmam que mar calmo não forma bom marinheiro. Importante é estar no lugar certo, na hora certa e com a disposição certa, para cumprir um propósito. Talvez a palavra seja “disponibilidade!”

Senhor, obrigado por ser chamado a participar da construção de um Reino; esse reino é grande e importante, mas eu sou uma parte e a minha participação é que é importante. Somos vasos, obreiros, instrumentos e canais para que a tua bondade, amor, graça e bênçãos cheguem a muitos outros. O nosso louvor a ti é por reconhecer que sempre serás o Deus grande e maravilhoso que a nossa fé contempla. Eis-nos aqui, para em nosso tempo, sermos bênçãos e facilitar o acesso dos outros à salvação e ao conhecimento de Deus. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s