Raquel e Bila

Meditação do dia: 24/02/2020

 E ela disse: Eis aqui minha serva Bila; coabita com ela, para que dê à luz sobre meus joelhos, e eu assim receba filhos por ela. (Gn 30.3)

Raquel e Bila – Ao propor meditar na Palavra de Deus, seguindo a vida e a história de uma pessoa a cada vez, acabamos por nos deparar com assuntos, que deveria ficar quietos, ou não ser mencionando, porque podem ser esquisitos, polêmicos ou até agressivos. Mas pensando bem, porque Deus permitiria o registro de tais passagens das vidas de servos comprometidos, se elas não tivesse propósitos para se cumprirem e verdades a serem ensinadas? Concordo, que com a nossa cabecinha ocidental, sentimos muito desconforto com temos como escravidão, bigamia, concumbinato e outros parecidos. Mas a narrativa fiel não seria de fato fiel se omitisse essas histórias e nos passasse uma falsa segurança de que as coisas não são como são. Embora seja um assunto tabu, com o qual temos pouca familiaridade, mas era comum e um mecanismo aceito socialmente para dirimir necessidades e demandas daqueles tempos. Quando uma homem estava casado e a sua esposa não podia gerar filhos e herdeiros, eles tinham esse mecanismo, de lançar mão de uma serva ou escrava da família, que era meramente uma propriedade, e ela era dada ao marido para que viesse a ter filhos; e esses filhos eram tidos e contados como filhos legítimos do casal. Abraão fez uso disso  com Agar e aqui vemos Raquel também promovendo o concubinato para que ela viesse a ter filhos. Quando olhamos para a situação do ponto de vista espiritual, encontramos os mecanismos humanos, improvisando soluções espirituais, muitas vezes sem nem mesmo consultar a Deus ou ter esgotado todos os recursos. Veja que anos mais tarde Raquel veio a se tornar mãe de José e Benjamim. Como os homens não tem muito acesso ao futuro, eles concluem por iniciativa própria que já é hora de tomar uma decisão e fazer alguma, antes que seja tarde demais. Tanto Abraão e Sara quanto Jacó e Raquel, viram depois que Deus tinha plena noção do tempo e os meios para fazer o milagre acontecer. Não posso dizer que isso não aconteceu só com nossos patriarcas, mas em tantas outras situações, nos lançamos em busca de alternativas, que nem sempre são o ideal, mas que nos parece o melhor caminho. O fato também dos arranjos sociais serem perfeitamente aceitos e aprovados, não significa que é o padrão adotado por Deus em situações difíceis, porque par Deus não existe impossíveis. Antes de dar um jeitinho, vamos buscar mais orientações e aconselhamentos com pessoas idôneas e maduras que possam nos ajudar a ver a vontade de Deus. Há coisas que são moral e legalmente aceitos, mas espiritualmente reprovadas; e cabe ao povo de Deus discernir qual a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Senhor, obrigado por ser perfeito e santo em todas as tuas obras. Obrigado por revelar a sua vontade a todos aqueles que buscam conhecer, amar e servir com excelência. Somos gratos pelas possibilidades de vivermos o melhor do Senhor em nossas vidas. Não queremos só a aprovação dos homens e da sociedade, nosso compromisso maior é com o Eterno, o Todo Poderoso, o Altíssimo, agradar ao Senhor, nos interessa e muito. Oramos pedindo sabedoria e graça, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s