Culpa de Sangue

Meditação do dia: 03/04/2020

 “E Rúben respondeu-lhes, dizendo: Não vo-lo dizia eu: Não pequeis contra o menino; mas não ouvistes; e vedes aqui, o seu sangue também é requerido.” (Gn 42.22)

Culpa de Sangue – Entrementes … Sempre tive vontade de utilizar essa expressão, fica chic, não é mesmo? Nos faz lembrar filmes, séries onde acontecem intervalos de tempo na narrativa, o personagem cresce ou envelhece, etc… pois é assim que acontece com a narrativa da nossa meditação de hoje, agora são passados vinte e dois anos, desde que Rúben deixou José na cova e quando voltou para retirá-lo, já não estava mais lá e ele ficou desesperado da vida. Criaram uma narrativa mentirosa para o pai acreditar que o filho havia sedo despedaçado por algum animal selvagem e apresentaram a capa rasgada e manchada de sangue como evidencia. Que falta fazia um exame de DNA naquela evidencia para comprovar que não só não era de José e nem humano. O complicado de se forjar uma mentira, uma armação para encobrir um crime ou pecado, é que com o passar do tempo, a própria pessoa começa a acreditar que deu certo. À medida que os anos passam, maior é a acomodação mental e psicológica de que não será apanhado e logo a morte se encarregará de cobrir os últimos vestígios daquilo que foi praticado no passado. Eles, os filhos de Jacó, contavam com isso, pois venderam o irmão para mercadores de escravos que o venderiam no Egito e dificilmente ele viveria tantos anos nas condições sub humanas da escravidão daqueles tempos. Todos esses anos, se ele não fugiu e voltou para casa, não mandou notícias por meio de algum viajante, afinal seu pai era um homem influente e conhecido na terra de Canaã. Mas a verdade é que intimamente José vivia dentro deles e a consciência os aterrorizavam dia a dia. Um segredo que permanecia entre dez homens à vinte e dois anos, em se tratando de um irmão dado como morto, menos para aqueles dez homens. Voces podem imaginar, cada vez que Jacó, Benjamim ou outra pessoa da família citava José, o desespero que acontecia no interior desses irmãos. Eles conheciam a espiritualidade e comunhão de Jacó em relação à Deus; imagina se o Todo Poderoso revela para ele que o filho estava muito vivo e que os demais filhos, exceto Benjamim conspiraram numa grande farsa para encobrir um ato de maldade? José percebeu no primeiro encontro com eles agora, que havia alguma sensibilidade entre eles, algum segredo mantido às escondidas e como ele mesmo não sabia o outro lado da história, o que eles havia dito ao pai e à família sobre o que acontecera naquela visita; José resolveu investigar, fazendo uma pressão leve, mas progressiva até a verdade aparecer. Hoje eu entendo melhor e lido bem com o fato do sumiço de José por vinte e dois anos e Deus não ter contado nada a Jacó; e concordo com a declaração de Jó depois de toda a pressão que passou na sua saga: Então respondeu Jó ao SENHOR, dizendo: Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido (Jó 42.1,2). Esse tempo foi utilizado pelo Senhor para preparar José e sabemos que o trabalho foi bem feito. Em treze anos, ele foi transformado de um adolescente mimado, fofoqueiro, imaturo e falastrão num estadista a nível de assumir o governo e a administração do Egito, o maior império do mundo nos seus dias, não só assumiu, como fez uma senhora administração! Rúben, ali, sob a pressão de algum deles ter que ficar detido e terem que comprovar honestidade, ele cobrou dos irmãos: Não vo-lo dizia eu: Não pequeis contra o menino; mas não ouvistes; e vedes aqui, o seu sangue também é requerido.” Olha o castigo vindo à cavalo: eles tendo que voltar para casa e de novo dizer para o pai, que faltava outro irmão deles; qual seria a história dessa vez? Diriam a verdade verdadeira, ou inventaria algo para justificar a ausência de Simeão? Eles já viviam no fio da navalha, tendo que cuidar de cada palavra que diziam para não deixar escapar nada que levantasse suspeita. Pecado escondido é uma praga terrível; pior que ácido ou câncer! Confissão é melhor tarde do que nunca, porque a pessoa pode morrer e levar para o túmulo com ela o segredo, mas para onde ela seguirá, não há segredos e o que foi feito aqui, ainda conta e será cobrado. Lição de hoje: “O que encobre as suas transgressões NUNCA PROSPERARÁ, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia” (Pv 28.13). Você entende o significado das duas palavras que estão em maiúsculas e sublinhadas? Se alguém pensar: “Se eu confessar vou arruinar tudo!” Arruinado é como as coisas estão. Você irá é viver, se libertar, encontrar refrigério e desfrutar da graça transformadora que há em Jesus. Só há um que deseja que fique tudo como está e você como refém! É uma escolha que exige coragem!

Querido Espírito Santo, Jesus falou de ti com essas palavras: “Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei. E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo” (Jo 16.7,8). Precisamos da tua ajuda para mudarmos algum capítulo da nossa história, que ficou mal contada e o medo e o pecado assumiu o controle e fez escravos e reféns. Mas conhecemos a verdade e sabemos que ela liberta. Foi por isso que o nosso Senhor morreu e ressuscitou. Pai, reivindicamos aquelas armas espirituais poderosas em ti, para quebrar cadeias e destruir fortalezas, sofismas e todos os raciocínios que são contrárias à verdade em Cristo Jesus. Clamamos por salvação; por libertação plena; rejeitamos o engano, a mentira, a dissimulação e todo estilo de vida fora da verdade que tem mantido as pessoas como escravas do inferno, mesmo sendo filhas de Deus. Clamamos pelo poder que há no sangue de Jesus, o sangue da eterna aliança e no poder do seu nome, sobre nós invocado. Precisamos de cobertura e proteção, em nome de Jesus, amém!

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s