Simeão e Levi, os irmãos de Diná

Meditação do dia: 07/04/2020

 “E aconteceu que, ao terceiro dia, quando estavam com a mais violenta dor, os dois filhos de Jacó, Simeão e Levi, irmãos de Diná, tomaram cada um a sua espada, e entraram afoitamente na cidade, e mataram todos os homens.” (Gn 34.25)

Simeão e Levi, os irmãos de Diná – Desejo começar a meditar e escrever sobre o segundo filho de Jacó e Lia, mas a sua primeira apresentação de destaque desse rapaz foi numa operação sanguinária em conjunto com seu irmão Levi. O cartão de visitas que Simeão apresenta não é dos melhores. Estava lendo o contexto dessa história e o que levou a um desfecho tão ruim. Jacó ficou sabendo primeiro o que acontecera com sua filha e aguardou a volta dos filhos que estavam apascentando os rebanhos no campo, para coloca-los à parte dos fatos e decidirem em família o que fariam para responder ao apelo do rapaz que violentara a moça e o pai dele que veio apoiar seu filho. E vieram os filhos de Jacó do campo, ouvindo isso, e entristeceram-se os homens, e iraram-se muito, porquanto Siquém cometera uma insensatez em Israel, deitando-se com a filha de Jacó; o que não se devia fazer assim. (Gn 34.7). Eles se entristeceram e iraram-se muito. Uma carga altamente explosiva emocional se acumulou naqueles rapazes. Nunca se deve agir quando as emoções estão agitadas e fora de controle. Qualquer pessoa em estado de ira e tristeza, pode fazer coisas que num estado normal não faria. É o que nós brasileiros chamamos de “estar com o sangue quente.” A imaturidade contribui em muito para decisões precipitadas, mas se além disso, ainda há um nível de comprometimento emocional, isso potencializa o destempero. Outro detalhe na história que precisa ser levado em conta: Então responderam os filhos de Jacó a Siquém e a Hamor, seu pai, enganosamente, e falaram, porquanto havia violado a Diná, sua irmã (Gn 34.13). Responderam enganosamente – eles se reuniram e tramaram armar uma cilada vingativa sem chances de defesa para as suas vítimas. Aqui, pretendo fazer uma aplicação importante; Eles lançaram mão da fé e religiosidade deles para atrair e cometer crimes. O nome disso é SIMONIA – utilizar-se de valores espirituais em favor próprio, vender uma idéia religiosa ou cerimonia. Os laços de família tendem a carregar dentro das gerações hábitos, ações, virtudes e defeitos, que somente uma legítima experiência com Deus é capaz de romper. A redenção em Cristo é apropriada e suficiente para romper com tudo que liga a pessoa ao seu passado de pecado e culpa. Seguindo as tradições de trapaças dos patriarcas antes da conversão, eles conspiraram e levaram a efeito um plano macabro. Mais tarde eles fizeram isso com José, irmão deles. Irmãos e irmãs, cuidado com as emoções fora do controle. O fato de alguém ter errado contra nós, não justifica agirmos na carne e as vezes com força desproporcional. A idéia de não levar desaforo para casa, não combina com a nossa confissão de fé. Quero fechar com duas referencias bíblicas importantes para nos orientar. A primeira é: Melhor é o que tarda em irar-se do que o poderoso, e o que controla o seu ânimo do que aquele que toma uma cidade (Pv 16.32). a segunda é: Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; mas qualquer que matar será réu de juízo. Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno (Mt 5.21,22). Cuidemos das emoções fortes, cuidemos do descontrole emocional, cuidemos dos destemperos e ações precipitadas. Não dá para ser cheio dessas coisas e do Espírito Santo ao mesmo tempo.

Pai obrigado pelas lições de que podemos depender de ti e buscar conselhos e orientações na tua Palavra e com o Espírito Santo que habita em nós. Peço ajuda e forças para manter sob o controle do teu santo Espírito, as nossas vidas integralmente, espirito, alma e corpo. Também pedimos pureza nas nossas intenções de forma que não lancemos mão de instrumentos da nossa fé para destruir pessoas. Fomos chamados para transmitir vida e bênçãos para todos os que se encontram cansados e oprimidos. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s