Judá & Tamar – Um Acordo

Meditação do dia: 28/04/2020

 Então disse Judá a Tamar, sua nora: Permanece viúva em casa de teu pai, até que Selá, meu filho, venha a ser homem. Pois disse: Para que não morra também este, como seus irmãos. Assim, Tamar se foi, passando a residir em casa de seu pai.” (Gn 38.11)

Judá & Tamar – Um Acordo – Depois de perder dois Judá se vê obrigado a fazer um acordo com sua nora, para posteriormente remediar a situação para a geração de descendência através do seu terceiro filho, Selá ainda não tinha idade para se casar com a viúva de seus irmãos, então Judá fez um acordo, com ela para que permanecesse viúva até o garoto ter idade de assumir o compromisso e gerar descendência e perpetuar o nome dos irmãos. Ao que parece, ele temia que o jovem filho pudesse ter as mesmas atitudes dos outros irmãos, colocando em risco toda a sua família. Tivera três filhos e se morrem os três sem deixarem descendencia, era como anular uma das doze tribos. Ao olhar uma situação tal qual estava Judá, nossa cabeça ocidental e do século vinte e um, vivendo num contexto tão diferente e com nossos valores completamente distantes, não errados, mas o foco nosso é outro. Judá vinha de uma linhagem de pessoas com um pacto com Deus e cuja missão primordial era produzir uma nação. Ninguém de nós hoje, sequer pensa em tal coisa. Nem mesmo parece haver espaço para mais crescimento populacional e a terra está super povoada e os territórios estão politicamente distribuídos e imaginar criar uma nação, partindo de um núcleo familiar, nem pensar. Mas nosso compromisso com Deus e com o seu Reino, distribui oportunidade para todos e cada um individualmente para estar comprometidos com um ideal que demanda fidelidade e determinação. Para que a bênção de Abraão permanecesse fluindo de geração em geração, ela teria que ir se expandindo à medida que o círculo de pessoas ia aumentando. Começou com Isaque, passou para Jacó e agora passaria para os doze filhos e deles para quantos descendentes eles gerassem e no caso de Judá, eram três filhos. Através de Er, Onã e Selá, a bênção geracional permaneceria seguindo seu curso e Judá iria se realizar em ter feito a sua parte no que lhe tocava. Mas o comportamento dos dois filhos mais velhos, riscou essa possibilidade e quem tinha muita chance, se via agora na iminência de não ter nada e desperdiçado uma vida inteira. Você e eu fomos chamados por Deus para fazer parte de um projeto, que já sabemos vai além de nós e da nossa existência terrena; Jesus nos dias, comissionou aos seus discípulos para que inundassem o mundo com o conhecimento da mensagem salvadora, através do Evangelho. A começar pelos apóstolos, todos, em todas as gerações estiveram comprometidos com a Grande Comissão. Agora, é a nossa vez, a nossa hora, além da proclamação do Palavra de Deus, também estamos imbuídos de transmitir a bênção de Deus de geração em geração, isto tem a ver com famílias abençoadas, gerando filhos abençoados e todos comprometidos com a causa. Em certo sentido, a demanda dos filhos de Jacó, era por filhos biológicos, naturais, para juntar muita gente e se unirem e preencherem espaços físicos e geográficos numa herança da Terra Prometida e futuramente, no devido tempo viria o Messias. Nosso compromisso é gerar filhos espirituais, nascidos de novo pelo poder da Palavra de Deus, criando cidadãos do Reino, semelhantes a Cristo e preparados para a vinda do Messias, agora para separar definitivamente o povo de Deus, os filhos gerados de uma semente especial. Segundo a sua vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como primícias das suas criaturas (Tg 1.18).

 

Senhor, obrigado por perpetuar a linhagem dos justos através da verdade do Evangelho e produzir uma geração de adoradores comprometidos com o Reino e não apenas com sua causa pessoal. Como igreja, estamos no mundo mas não somos do mundo e aguardamos a nossa hora, mas certos de que precisamos trabalhar na tua Seara, para vidas sejam geradas e assim, muitos povos, tribos, línguas e nações estarão diante do trono na eternidade para glorificarem aquele que Era, que É, e que Há de Vir, O Senhor Jesus, nosso Senhor. Em nome dele oramos, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s