O Valor Das Pequenas Coisas

Meditação do dia: 25/05/2020

 E nós dissemos: Não poderemos descer; mas, se nosso irmão menor for conosco, desceremos; pois não poderemos ver a face do homem se este nosso irmão menor não estiver conosco. (Gn 44.26)

O Valor das Pequenas Coisas – Apertar o parafuso certo, esse é o segredo! O pessoal de RH, Administração e da Área Motivacional, fazem uso da história do profissional altamente qualificado que foi contratado para consertar um problema numa plataforma em alto mar, bem distante da costa e por elevadíssimo custo porque nenhum tecno ou engenheiro local conseguir sanar o referido problema que paralisava as operações todas daquela indústria. Ele só levou uma minúscula chave no bolso e em lá chegando, se dirigiu diretamente a um determinado local e com um pequeno toque, sem esforço nenhum, colocou tudo funcionando novamente com precisão exata. Ninguém dos demais se conformava que apenas aquilo, tão insignificante resolveria o que eles não resolveram em dias. Em retaliação exigiram que ele emitisse uma nota fiscal de serviço detalhando minimamente o custo elevado do seu serviço. Foi então que ele surpreendeu novamente: Ajustar um pequeno parafuso = 1,00 dólar. Ajustar o parafuso CERTO = 999,00 dólares. Em nossas meditações dos últimos dias temos girado em torno de um único eixo, que tem mexido com muitas gente e de muitas maneiras: Benjamim. O pequeno Benjamim, o caçula, o mais novo. A raspa do tacho, como dizemos no interior do Brasil. Na primeira viagem dos irmãos para comprar alimentos, o pai já não o deixou ir. Quando apertados e pressionados pelo governador, disseram que tinham um irmão menor, que ficara em casa, que era o xodó do papai – o governador/José, achou o pequeno parafuso certo, que com uma leve torção produzira resultados na máquina toda. Sem ele, Simeão estaria em maus lençóis; quando veio, foi o centro das atenções e quando a “taça sumiu” como num passe de mágica (pare eles) ela apareceu na bagarem de Benjamim. Todos se prontificaram a serem escravos, mas o governador só se interessava por um deles, o menor. José estava certo, ali estava a fraqueza e a força deles. Ao eliminarem José de suas vidas, parece que o centro de gravidade em torno de onde tudo girava naquela família passou a ser o pequeno Benjamim. Não só Israel queria, mas eles mesmos se viram obrigados a amar demais e proteger demais um centelha que ficará, porque a promessa de Deus e a aliança, era com doze filhos de Israel e eles fizeram por conta própria, por ódio, rancor e insensatez a eliminação de uma das tribos e agora não conseguiam equilibrar essa balança! Quando nosso corpo está ferido ou doente, todas as atenções dos demais órgãos são para aquela parte, para suprir a necessidade da sua operação ou para reparar o quanto antes o seu funcionamento. Uma roda feita com doze peças, não rodava bem só com onze, por mais que se esforçassem, a cada volta, ela denunciava que a falta de uma peça. O profeta Zacarias fez a pergunta: Porque, quem despreza o dia das coisas pequenas (Zc 4.10). Paulo descrevendo as funções do corpo para ensinar sobre os dons espirituais escreveu: Antes, os membros do corpo que parecem ser os mais fracos são necessários; E os que reputamos serem menos honrosos no corpo, a esses honramos muito mais; e aos que em nós são menos decorosos damos muito mais honra (I Co 12.22,23). No Milênio, quando tudo estiver no lugar certo, sob o domínio de Cristo: E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão e o animal cevado andarão juntos, e um menino pequeno os guiará (Is 11.6). Tiago falando sob o controle da língua: Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas (Tg 3.5). No contexto imediato ele cita três coisas pequenas que comandam e produzem grandes resultados: O freio para os cavalos, o leme para os navios e uma fagulha para um incêndio. Não é sem razão que diz o nosso ditado, que os melhores perfumes e os priores venenos, vem em pequenos frascos. Há coisas pequenas emperrando sua vida com Deus ou com a igreja ou família? Há pequenas atitudes bloqueando o seu crescimento espiritual? Há pequenos pecados impedindo um grande mover do Espírito ao seu redor? O Deus quer nos mostrar sobre pequenas coisas que produzem grandes resultados?

Senhor, obrigado, porque podemos estar procurando grandes vazamentos, grandes estragos e pecados enormes que arruinaram nossas relações e nossa comunhão e não os encontramos; pode ser que de fato não existam; mas pequenos desvios de conduta, pequenos arranjos para acomodar o erro e o pecado; pequenos, pequenos e insignificantes furos que estão minando toda a nossa resistência e vazando todo o poder e energia espiritual que ainda conseguimos produzir. Revela-nos, Senhor, a nossa real condição e guia-nos pelos teus caminhos eternos. Queremos e precisamos nos arrepender e sair dessa condição para andarmos em vitória, como é a tua perfeita vontade para cada um de nós, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s