A Ira de Deus

Meditação do dia: 14/03/2022

“Então se acendeu a ira do Senhor contra Moisés, e disse: Não é Arão, o levita, teu irmão? Eu sei que ele falará muito bem; e eis que ele também sai ao teu encontro; e, vendo-te, se alegrará em seu coração.” (Êx 4.14)

A Ira de Deus – Hoje temos uma bela oportunidade de meditar sobre um tema muito importante sobre a natureza e ao caráter de Deus, que atrai muito a atenção de pessoas e estudiosos. Como sempre, não iremos nos enveredar por meandros teológicos e nem aprofundar tanto no tema, pois não é isso o nosso propósito com as meditações do dia. Cada um dos amados leitores pode livremente continuar a pesquisar e comparar textos ou a fazer estudos conclusivos para sua edificação e até servir na sua área de atuação. Começando pelo começo, todos os homens foram criados a imagem e semelhança de Deus, o que nos torna muito parecidos com ele. Deus é uma pessoa, e as emoções fazem parte essencial de pessoas, portanto Deus tem emoções e elas se manifestam naturalmente e podem ser encontras nos registros sagrados. Aqui Moisés e o Senhor estão dialogando e como Deus é quem sempre toma a iniciativa da revelação, Ele se manifestou poderosamente através de um fogo que ardia num arbusto, mas não o consumia. Aquilo despertou a atenção de Moisés que foi conferir e encontrou o seu chamado. Sempre escrevo repetindo alguns aspectos dos princípios bíblicos para que eles sejam absorvidos pelos leitores e também para quem começou mais recentemente também tenha a oportunidade de aprender o que os outros já alcançaram. Hoje, repeti que a iniciativa da revelação divina ao homem é sempre da parte de Deus. “Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou” (Jo 1.18). outro repeteco do dia é, que naquela aparição, o fogo permanecia intenso, mas o arbusto não se consumia, porque quem sustentava as chamas era Deus e não o arbusto. Sabemos que na natureza, para haver fogo é preciso haver combustível e que assim que esse se extingue, o fogo também se vai. Ali não acontecia isso, porque quem estava sustentado a chama era Deus na sarça. Partindo dessa verdade desejo desenvolver alguma aprendizagem espiritual para as nossas vidas hoje. Moisés irritou a Deus com seu comportamento negativista e obstinado, se fazendo de incapaz para fugir do chamado. Ele insistiu tanto que, digamos, “tirou Deus do sério!” Podemos lembrar de citações que evocam esse conceito, uma delas é descrita na oração de Habacuque: “Ouvi, Senhor, a tua palavra, e temi; aviva, ó Senhor, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia (Hb 3.2). Destaquei a sentença chave. Mesmo na ira, Deus se lembra da misericórdia, e não age baseado na ira, mas na graça e misericórdia, separando a identidade do comportamento da pessoa. Deus se ira, mas não perde a paciência, ou como dizemos: Deus “não perde a cabeça!” podemos imaginar quantos males já foram cometidos e quantos prejuízos já foram causados e até vidas destruídas, porque na ira as pessoas não se contiveram. Para ilustrar, a história do garotinho que riscou toda a lateral do carro novo do papai, que “perdeu a cabeça” para corrigir bateu nas mãos do filho à ponto de causar lesões que levaram a amputação de ambas as mãos da criança. Depois o filho chorava e pedia ao pai que lhe devolvesse as mãos!! E agora?!!! Uma das razões da meditação na Palavra de Deus é nos levar a refletir sobre nossas ações em momentos críticos do dia a dia e agir com sabedoria e sensatez.

Obrigado Senhor, por nos mostrar na prática como se age em momentos críticos e como nos manter equilibrados, mesmo com emoções em alta. Pela graça do Senhor, podemos amadurecer e andar no Espírito em todo tempo. Nesse dia queremos dar alguns passos novos para a direção do crescimento e maturidade em Cristo. Agradecemos a ajuda em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s