O Que Acontece No Caminho

Meditação do dia: 02/04/2022

“E aconteceu no caminho, numa estalagem, que o Senhor o encontrou, e o quis matar.” (Êx 4.24)

O Que Acontece No Caminho – Ao meditar na experiencia de uma pessoa, aprendemos com ela e com os caminhos de Deus, levando em conta que o Senhor trata com cada um nós de forma personalizada; Ele é criativo o suficiente para repetir os mesmos argumentos e métodos. Todavia, estejamos certos de que os princípios espirituais que são eternos, funcionam em todo tempo e em toda cultura e situação, permanecem imutáveis em suas operações. Depois daquele diálogo prolongado no deserto de Horebe, com muitas instruções, informações e a final concordância de obediência da parte de Moisés, ele partiu para Midiã para os aprontos finais em devolver o pastoreio das ovelhas de Jetro, comunicar à família e receber a bênção do sogro, ele finalmente partiu, agora sim, já em direção ao Egito, para iniciar a “Operação Libertação.” Uma coisa muito importante que vejo aqui nesse texto e que combina muito bem com a experiencia bíblica e da vida cristã ao longo da história do povo de Deus e da própria igreja de Cristo – é que sair para fazer aquilo que Deus ordenou, ou para cumprir a missão recebida, isso é parte da missão, não é a missão. Moisés à caminho do Egito para libertar os hebreus, não estava libertando ninguém, estava apenas à caminho. Os perigos do caminho são momentos de provas e os primeiros obstáculos para servir de aquecimento para tudo aquilo que virá no decorrer da jornada. No dia em que saí de casa para seguir para o seminário e iniciar o treinamento, o carro em que estávamos, acidentou no trecho mais perigoso e só não caímos no maior precipício da Serra do Formoso, entre Minaçu e Formoso (GO), porque os anjos agiram muito rápidos. No dia seguinte, já na BR 153 (Belém-Brasília), o mesmo carro, deu problema na parte elétrica e teve um princípio de incêndio, que não se confirmou porque recebemos ajuda de motoristas que passavam e nos socorreram. Nunca descartei que o alvo daquelas dificuldades seria eu. Mas aqui estou, quarenta e um anos depois, firme e forte servindo na causa do Senhor. Nosso texto base da meditação de hoje faz parte de um contexto complexo e que tem mexido com as idéias de muita gente ao longo dos tempos. Moisés, à caminho de realizar uma grande obra na construção da nação que Deus prometera aos patriarcas, formou sua própria família numa cultura diferente da sua e casou com alguém que não estava familiarizado com os termos da aliança entre Deus e o seu povo; por isso não permitira a circuncisão do segundo filho, provavelmente porque viu o sofrimento quando circuncidaram o primogênito. Para os hebreus, a circuncisão era um ato de fé e compromisso eterno entre os filhos da promessa; Moisés não poderia estar servindo a Deus sem estar comprometido com seus termos e isso precipitou essa crise quando estavam à caminho.  O Pregador da cruz precisa ser um crucificado! Como proclamar um salvador e uma salvação, que sem isso seja uma verdade na vida do arauto? “Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado” (1 Co 9.27). Jesus era terminantemente contrário a um estilo de vida onde a crença e a prática não fossem coerentes. “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós” (Mt 23.15). Estamos na Nova Aliança, mas Deus ainda é o mesmo e assim será para sempre e sempre!

Pai, obrigado por nos chamar para o serviço, mas principalmente para ser parte da família de Deus, através da obra redentora realizada por Cristo Jesus, lá na cruz. Somos gratos pela salvação pela fé em Cristo e pela vocação ministerial, mas nada pode estar acima da comunhão espiritual contigo. Agradecidos somos, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s