Companheiros de Jornada

Meditação do dia: 06/04/2022

“Disse o Senhor a Arão: Vai ao deserto, ao encontro de Moisés. E ele foi, e encontrou-o no monte de Deus, e beijou-o.” (Êx 4.27)

Companheiros de Jornada – Desde os primórdios da humanidade já se sabia que andar sozinho não era uma experiencia agradável. Parcerias, companheirismo e a divisão de tarefas são motivos mais do que suficientes para se firmar essa verdade. A família existe para suscitar complementos para a vida ser experimentada em plenitude. Nela encontramos todas as possibilidades de realização pessoal em todas as áreas possíveis. O homem e a mulher encontram a plena realização como pessoas, como cônjuges, como pais, líderes e exemplos.  Uma família funcional e equilibrada é bênção sem medidas; assim como o contrário também é verdade: uma família disfuncional é um desastre total e seus efeitos vão aparecer por várias gerações à frente. Moisés precisava de um bom parceiro, alguém que tivesse afinidade com os interesses do seu povo, desejo e fibra moral para lutar contra as muitas adversidades que se avizinhava; essa pessoa foi apontada por Deus e Arão tinha capacidade de ouvir a Deus e seguir instruções, à começar por ir ao deserto encontrar Moisés. Fazer a vontade de Deus é um exercício de fé e obediência, mas também é uma oportunidade de conhecer pessoas e andar juntos para a realização de objetivos maiores. Podemos imaginar dois irmãos que se criaram distantes, separados muito cedo e enquanto um viveu no palácio como filho da princesa, outro seguiu em casa dos pais, como escravos. Um, bem educado, treinado em artes e ciências, o outro cresceu servindo sob jugo pesado e sem perspectivas de melhora, até que viesse uma libertação grande, tipo milagre. Os pais poderiam ter alimentado bem as esperanças nas promessas de Deus, mas teriam que esperar o tempo de Deus para que seus filhos se revelassem como aptos a servirem como instrumentos de Deus. A verdade é que os dois se conheciam muito pouco, mesmo no tempo em que viviam no Egito. Agora, quarenta anos de exílio os separaram e nenhum dos dois tinha quaisquer notícias do outro e nem como saber em que condições estariam. Precisava ser uma obra de Deus! E era! Nada havia sido esquecido e Deus estava trabalhando em todas as frentes necessárias, ainda que eles não estivessem cientes disso. Deus ainda trabalha em favor do seu povo, que somos nós, mesmo que não estejamos vendo ou percebendo os detalhes, podemos confiar e esperar em fé. As pessoas certas para nos ajudar também serão levantadas por Ele e precisaremos ter discernimento para reconhecer e humildade para servir juntos.

Obrigado, Pai, pela oportunidade de servir de alguma forma e ao lado de pessoas boas e comprometidas com o teu reino. Não estamos sós e nem precisamos servir sozinhos, porque temos um Senhor justo e bom que é o dono da seara. Agradecemos a ajuda e a força para cada dia. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s