Depois

Meditação do dia: 14/04/2022

“E depois foram Moisés e Arão e disseram a Faraó: Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Deixa ir o meu povo, para que me celebre uma festa no deserto.” (Ex 5.1)

Depois – Essa palavra é um advérbio e significa basicamente “em um momento posterior; em seguida. na retaguarda, atrás, detrás.” Aqui no nosso texto da meditação de hoje, o sentido é “em um momento posterior; em seguida.” Ou seja, após aquela reunião de ouvir a Palavra de Deus e um tempo de adoração prostrados diante do Senhor, eles saíram para fazer alguma coisa importante. Minha atenção e o meu foco está nessa questão tão primordial, que vemos aqui e que também foi um marco muito importante no início da igreja cristã em Jerusalém, logo após o dia de pentecostes. Lendo e estudando aqueles textos iniciais de Atos, percebe-se que as ações dos apóstolos e da igreja eram sempre precedidos por momentos de comunhão e oração, especialmente muita adoração. Depois, começavam outra atividade. O povo de Deus deve ser reconhecido como um povo que adora a Deus de verdade, com muita intensidade e constância. Nossa agenda deve ter sempre espaço para um tempo de adoração e comunhão. Quando me refiro a adoração e comunhão, estou dizendo que adorar a Deus é muito importante e que isso pode ser feito de forma individual, no tempo à sós com Deus, ou devocional, quarto de escuta, tempo de qualidade ou qualquer outro nome que você utilize. A adoração também deve acontecer com a comunidade de fé, os irmãos e amigos de jornada. Pessoas que partilham os mesmos alvos e objetivos espirituais. Colegas de trabalho e ministério, antes e depois das nossas atividades, ter aqueles momentos onde nos aproximamos do trono da graça de Deus, para apresentar a gratidão de nossos corações e demonstrar gratidão por tudo que aconteceu até agora. Para Moisés e Arão, falar com Deus era muito mais importante e prioritário, depois falariam com Faraó. Depois de adorar a Deus, certamente estaremos prontos para falar com faraó, seja ele quem for. Falar com faraó primeiro nunca dará certo, porque ele não tem boa disposição para ajudar, nem coopera com os propósitos eternos de Deus e também ele não se importa com nada e ninguém, senão a ele mesmo. Adoremos a Deus primeiro, depois iremos para fazer o nosso trabalho, seja ele eclesiástico ou secular, sendo nosso trabalho, ele sempre será sagrado e produzirá dignidade e proporcionará valor.

Pai, obrigado por abrir as portas para os teus filhos falarem do teu amor e dos teus planos para libertar os cativos e dar-lhes uma vida digna e cheia de significado, levando essas pessoas a experimentarem a graça de Deus e o seu amor e perdão. Somos gratos por podermos adorar em espírito e em verdade e depois de satisfeita a nossa alma, podemos ir e falar com quem tem sido objeto do amor do Senhor, em Cristo Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s