Ajudar Com As Cargas

Meditação do dia: 24/04/2022

“E disse também Faraó: Eis que o povo da terra já é muito, e vós os fazeis abandonar as suas cargas.” (Ex 5.5)

Ajudar Com As Cargas – De pronto minha mente se volta para o texto do Novo Testamento onde carregar cargas se fardos são coisas para se fazer juntos, uns apoiando aos outros e não sozinhos. “Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo” (Gl 6.2). Acabamos de descobrir que temos cargas para carregar na vida cristã. Se para você isso é novidade, então bem-vindo à maturidade e à vida cristã estável. Quando Jesus anunciava o seu Evangelho e desafiava as pessoas a viverem conforme as verdades do Reino de Deus, ele nunca facilitou as coisas, oferecendo um atalho ou caminho mais suave, para quem gosta de moleza, sombra e água fresca. No texto mais clássico que considero e muitos pregadores utilizam para apresentar na hora do apelo ao final da pregação de um sermão evangelístico, Jesus fala sobre a maravilha que é ir até ele para encontrar descanso e refrigério de alma. “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve (Mt 11.28-30). Não é subestimando a sua inteligência ou capacidade de entender o texto bíblico, mas vou fazer uma legenda simples dos fatos: 1. Ir a Cristo todos que estão cansados e oprimidos; 2. Ele, Jesus, dará alívio; 3. Cada um deve tomar o jugo de Cristo (então há um jugo); 4. Aprender de e com Cristo; 5. Encontrar descanso como resultado do aprendizado; 6. O jugo de Cristo é suave; 7. O fardo de Cristo é leve. Conclusão: Há um fardo e um jugo que todo discípulo deve tomar, ele não é imposto, é escolha pessoal de fazer do jeito de Deus. A proposta é trocar o jugo e o fardo do pecado, com tudo que o mundo sobrecarregou a pessoa e deixar isso com Cristo e pegar um novo fardo e um novo jugo e seguir em frente. As pessoas até mesmo que já são parte das igrejas, fogem de aceitarem responsabilidades e funções no corpo local para servirem, alegando que é muita responsabilidade. Claro que é! Como faremos algo para o Deus Criador, Senhor de tudo e de todos, que não inclua responsabilidade? Não fazemos porque somos bons ou capacitados, mas colaboramos em resposta de amor ao que ele fez por nós. A idéia que já tem gente demais e todo mundo já está sobrecarregado, é idéia do Faraó, do opressor, que não quer perder o controle e o domínio sobre as vidas que nem lhe pertence. A idéia de Deus é sairmos todos, juntos, para serví-lo e uns apoiar os outros na caminhada. Ele providenciará tudo o que viermos a precisar.

Senhor, queremos fazer do teu jeito e para tua glória. Faraó tem o jeito dele e desse jeito não queremos e já estávamos cansados dele e o do seu sistema. Estamos agradecidos por tudo que tens feito por nós em Cristo Jesus e será um prazer submeter-nos ao discipulado de Cristo e tomarmos voluntariamente o nosso jugo e o nosso fardo que poderemos levar sem comprometer a nossa caminhada e o nosso serviço a ti. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s