Delegação de Autoridade

 Meditação do dia: 03/06/2022

“Então disse o SENHOR a Moisés: Eis que te tenho posto por deus sobre Faraó, e Arão, teu irmão, será o teu profeta.” (Ex 7.1)

Delegação De Autoridade – Me recordo bem de quando criança ainda na minha terra natal, lá no planalto verde do coração do Brasil, onde não chove e o mato é verde, meu Goiás querido! “Quem mandou?” isso era uma pergunta comum em conversas do dia a dia. Depois ficamos adultos e de vez em quando nos pegamos fazendo a pergunta: Quem mandou? Adultos não precisam serem mandados a fazerem ou não fazerem determinadas coisas, pois se espera que ajam com responsabilidade. Jesus passou por isso também, quando seus interlocutores queriam saber com que autoridade ou em nome de quem ele operava. “E lhe disseram: Com que autoridade fazes tu estas coisas? ou quem te deu tal autoridade para fazer estas coisas? (Mc 11.28). Jesus lhes respondeu com outra pergunta que deixou eles nas cordas, como se diz no boxe. Moisés questionou a se mesmo e a sua pequenez diante de tão grande desafio, falar a Faraó e convencê-lo a deixar os hebreus saírem para uma celebração e posteriormente saírem em definitivo. Deus se manifesta e confirma aquilo que já haviam conversado e acertado lá no deserto de Horebe e mais recentemente já no Egito. Diante das pressões de Faraó em não ceder e ainda aumentar a hostilidade contra os escravos, deixou os anciãos israelitas deprimidos, amedrontados e a bem da verdade, desanimados à ponto de desistirem do sonho. Moisés se sentiu incapaz e com poucas credenciais e se sentindo intimidados pela figura de Faraó. É nesse momento que Deus se apresenta e lhe confirma que sua autoridade ministerial não era advinda de preparo, carisma, talento ou linhagem nobre. Deus era a origem de sua chamada e como delegado de Deus, estava comissionado, e a forma como o Senhor ilustrou essa condição foi por demais esclarecedora. Moisés faria papel de Deus e Arão faria papel de profeta. Quem iria confrontar Faraó seria o poder de Deus, representado por Moisés e auxiliado por Arão. A meditação nos permite parar para contemplar e focar a nossa atenção e a nossa intenção em aprender onde estamos e com tudo que está ao nosso redor. A contemplação da natureza criada, com toda a sua beleza, harmonia, ciclos, podemos aprender que Deus criou cada coisa com um projeto e para o qual ela é capaz, competente e aprende a lidar com a adversidade e assim cumprir a sua finalidade. As águas aprendem a contornar todos os obstáculos e ao final ela atinge suas metas. As sementes, os animais selvagens e a própria terra com seus ciclos e meios de responder aos ataques e intervenções. Se a natureza é assim, podemos perceber que o homem é muito mais habilitado para se adaptar e superar obstáculos. Conhecendo o caráter de Deus, sabemos que ele não dá ordens absurdas; jamais nos pedirá algo impossível de ser feito. Se o desafio é maior do que as nossas forças, então e garantia de ajuda sobrenatural!

Senhor, somos agradecidos por estarmos onde estamos e chamados para fazer o que estamos fazendo dentro desse tempo oportuno. Graças te rendemos por suprir em Cristo Jesus todas as nossas necessidades, incluindo aqui a sabedoria e força necessária para fazermos o trabalho que nos foi delegado. Jesus antes de ascender aos céus, deu-nos a missão de pregar o Evangelho a todas as criaturas, em todas as nações e ele estaria conosco até o fim; e tem estado presente todos os dias. Somos gratos, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s